Cirurgia plástica para retirar o excesso das pálpebras

BLEFAROPLASTIA

Saiba mais

O que é a Blefaroplastia?


A Blefaroplastia, ou simplesmente Cirurgia das Pálpebras, é um procedimento que se populariza cada vez mais dentro do campo da cirurgia plástica. Seu objetivo é retirar o excesso de pele sobre o olho, que traz um desconforto estético por fazer o paciente aparentar cansaço ou tristeza em situações inapropriadas.

O resultado da cirurgia torna as pálpebras mais lisas por remover as bolsas de gordura e pele acumuladas em excesso devido à passagem do tempo. De mais a mais, o efeito produzido é da retomada de um aspecto descansado e renovado para as pálpebras do paciente.

A operação depende de fatores que variam muito conforme o caso específico do paciente que irá sofrer a intervenção, de acordo com a avaliação do cirurgião plástico. Por exemplo, o tipo de anestesia a ser usada, que pode ser local, local com sedação, ou ainda geral (o que não é tão frequente nesse tipo de procedimento).


Conheça os detalhes

Recomendações


Há uma série de recomendações e precauções que devem ser tomadas tanto no pré quanto no pós-operatório. Primeiramente, antes da cirurgia, alimentos gordurosos, bebidas alcoólicas e demais toxinas devem ser evitados na véspera da intervenção cirúrgica. Ademais, exercícios físicos que demandam grandes esforços também são contraindicados no dia anterior à cirurgia.

Já no pós-cirúrgico, é preciso ter um cuidado extra com os olhos. Geralmente, nos dias após a Blefaroplastia os olhos tendem a ficar irritados. Além disso, também ficam mais sensíveis à luz do sol. Os olhos devem ser protegidos num período de no mínimo 3 meses, com o uso de óculos escuros. Todo tipo de esforço físico nos primeiros dias deve ser evitado.

O surgimento de eventuais inchaços e manchas é esperado na maioria dos casos. Contudo, dentro de 1 ou 2 semanas, essas marcas tendem a desaparecer gradualmente. Para acelerar o processo, podem ser usadas compressas de soro fisiológico sobre as regiões afetadas, no mínimo após 2 dias da operação.

A duração média da Blefaroplastia gira em torno de 1 hora e meia. Ou seja, é um procedimento cirúrgico relativamente curto, se compararmos a outras intervenções na área das cirurgias plásticas. O local específico que irá sofrer a intervenção, se nas pálpebras superiores ou inferiores, depende de onde há o maior acúmulo de pele e gordura. Os resultados tendem a ser satisfatórios, com a melhora do aspecto estético dos olhos, que passam assim uma aparência de maior disposição e descanso por parte do paciente.


Esclarecimentos gerais

Principais questionamentos


Ainda pairam muitas dúvidas sobre o procedimento da Blefaroplastia. Por isso, a seguir são listadas alguns dos principais questionamentos acerca dessa intervenção, feitos com frequência para os cirurgiões plásticos.

Em primeiro lugar, não há critério de idade para a necessidade de realização da Blefaroplastia. A única condição que determina essa necessidade é o excesso de pele sobre os olhos, e a sensação de desconforto estético ocasionado por essa condição.

Também vale esclarecer que raramente é feito o uso de anestesia geral para a realização desse tipo de procedimento.


pediatric-logo-footer

Sou médico há 15 anos e cirurgião plástico com mais de 10 anos de experiência. Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Nascido na cidade de Blumenau e médico pela Fundação Universidade Regional de Blumenau. Concluí a residência médica em Cirurgia Geral e a Pós-Graduação em Cirurgia Plástica Estética e Reparadora na cidade de São Paulo, no Hospital de Referência Estadual Ipiranga, onde tive a oportunidade de conviver e realizar cirurgias com os grandes nomes da Cirurgia Plástica Brasileira e Mundial. Sejam bem-vindos!

Eduardo Raulino © 2018